OBESIDADE


Categoria: Dicas de Saúde
O que é obesidade? Como sei se estou obeso?

Como o primeiro capítulo dessa coletânea, aonde pretendo trazer ao conhecimento de todos, dicas de uma vida saúdavel, gostaria de me apresentar. Meu nome é Ricardo Schneider, sou médico, e atuo nas áreas de cardiologia e cirurgia cardíaca. Resolvi postar aqui, em minha Home Page, dicas, ou melhor, orientações de como podemos ter, manter e melhorar nossa saúde. Orientações essas, que são a rotina no atendimento cardiológico do meu dia a dia. Inicío, dessa forma, escrevendo sobre a OBESIDADE.

OBESIDADE:

Essa doença, sem sombra de dúvidas, é o GRANDE MAL que, eu como médico, enfrento todos os dias. Mas o que é obesidade? Como sei se estou acima do peso? Para respondermos a essas perguntas temos que levar em consideração dois ítens: PESO (Kg) e ALTURA (m). O Cálculo é fácil:
Dividimos o Peso pela altura elevada ao quadrado. O resultado é nosso índice de massa corpórea (IMC). Por exemplo:

PESO DE 90 Kg
ALTURA DE 1.90m

IMC = 90 / (1.90)2 = 24,9

E qual é o normal do IMC? Para isso seguimos a seguinte tabela:


E também a tabela que nos orienta a variação do peso conforme altura:


Quando o sobrepeso começa, então começam os problemas. O corpo mais pesado, traz sobrecarga sobre todo o organismo e exige mais esforço dos músculos e órgãos para manter um bom funcionamento. Isso gera um ESTRESSE FíSICO. Aumenta a fadiga (cansaço) e naturalmente a pessoa se afasta de atividades que envolvam esforço (inclusive não praticando esportes e nem atividades físicas leves como caminhadas). Ou seja, surge o SEDENTARISMO. Inicia-se o ciclo perigoso: OBESIDADE - SEDENTARISMO - MAIS OBESIDADE.
Daí em frente surgem ainda outros problemas sérios que comprometem ainda mais a saúde. O esforço aumentado do organismo, aumenta (as vezes muito) a pressão arterial sistêmica. Sabemos que a HIPERTENSãO está diretamente relacionada a doenças graves como AVC (acidente vascular cerebral - o famoso `derrame`) e IAM (infarto agudo do miocárdio - infarto ou enfarte).
O aumento do tecido de gordura, provoca resistência vascular periférica a ação da insulina (hormônio produzido no pâncreas e que regula a glicose circulante no sangue) e, consequentemente, o DIABETES tipo II aparece. E também aumentam os níveis das lipoproteínas (moléculas carreadoras de gordura no sangue - LDL, HDL) que depositam a gordura nas artérias do nosso corpo (processo chamado de ATEROSCLEROSE) e em nossos órgãos (principalmente no fígado, chamado de ESTEATOSE HEPáTICA).
Fica fácil entender o porque da necessidade do controle do peso. A obesidade sempre vem acompanhada de outras doenças graves que aumentam o risco de morte. Lembrando:

OBESIDADE - SEDENTARISMO - ESTRESSE FíSICO - HIPERTENSãO - DIABETES - ATEROSCLEROSE - RISCO AUMENTADO DE IAM / AVC - ESTEATOSE HEPáTICA e outras doenças graves em praticamente todo o corpo.

E como controlar o peso? Como perder peso? O que é uma alimentação saudável?
Acompanhe e leia "Dicas de Saúde - Alimentação saudável " e fique por dentro.

Dr. Ricardo Schneider



Galeria de Fotos


Gostou? Deixe seu Comentário

Dr. Ricardo Schneider


Médico, formado pela PUC-PR, CRM-PR 17214, residência em CIRURGIA CARDIOVASCULAR reconhecida pelo MEC, Membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular e registrado no Conselho Federal de Medicina, Mestre em CLÍNICA CIRÚRGICA, responsável técnico pelo TRANSPLANTE CARDÍACO na Sociedade Hospitalar Angelina Caron, atua na área de CIRURGIA CARDÍACA.

+ INFORMAÇÕES